Suplementação e atividade física atenuam os efeitos da sarcopenia em idosos


O envelhecimento é caracterizado por um processo contínuo durante o qual ocorrem modificações dos diversos sistemas fisiológicos, redução da capacidade funcional e consequente repercussão na qualidade de vida dos idosos. Um dos sistemas orgânicos afetados pelo avançar da idade é o musculoesquelético, o qual é envolvido em importantes funções corporais, como capacidade de realizar movimentos, contração muscular e locomoção. Uma relevante alteração reconhecida entre os idosos é a perda de massa magra, particularmente massa muscular, e uma concomitante redução de força.

idoso-atividade-fisica 

Desde o dia primeiro de outubro de 2016, o código M62.84 começou a ser utilizado pela comunidade de cuidados de saúde para a sarcopenia, reconhecendo-a como uma condição claramente relatável. A AIM (Aging in Motion Coalition) anunciou este código ICD-10-C, conforme estabelecido pelo CDC (Centros para Controle e Prevenção de Doenças).

As intervenções para atenuar os efeitos adversos da perda de músculo esquelético e suas funções relacionado com a idade incluem aumento da atividade física e suplementação nutricional. É o que foi publicado no The American Journal of Clinical Nutrition em 2016. O estudo demonstrou que a suplementação com proteína do soro do leite (whey protein), aminoácidos essenciais e vitamina D, em conjunto com o exercício adequado à idade, não só aumentou a massa livre de gordura e força, mas também melhorou outros aspectos que contribuem para o bem-estar em idosos sarcopênicos.

Os resultados apontaram que 68% dos idosos diagnosticados com sarcopenia no início do estudo, deixaram de ser sarcopênicos após as 12 semanas de suplementação com proteína do soro do leite, aminoácidos essenciais e vitamina D, juntamente com atividade física regular e de intensidade leve sugerindo aumento de massa magra e da força muscular, assim como, a redução da inflamação. Essa abordagem se mostrou eficaz para o tratamento da sarcopenia, com melhorias na função física e qualidade de vida desses pacientes.

 

Maiores informações em:

Rondanelli M, Klersy C, Terracol G, Talluri J, Maugeri R, Guido D, et al. Whey protein, amino acids, and vitamin D supplementation with physical activity increases fat-free mass and strength, functionality, and quality of life and decreases inflammation in sarcopenic elderly. Am J Clin Nutr. 2016;103(3):830-40

Deixe seu comentário.