Recuperação do Paciente Cirúrgico - Imunonutrição

 


O preparo do paciente deve ser feito de forma precoce e continuar durante e pós cirurgia. Para isso, é importante uma equipe multidisciplinar para avaliar o paciente como um todo. A avaliação do estado nutricional faz parte do planejamento operatório e muitas vezes se torna neglicenciada fazendo com que haja uma dissociação entre recomendações de estudos e a prática clínica.

Para ajudar na imunonutrição desse paciente pós trauma cirúrgico, principalmente pós cirurgias de grande porte, onde a resposta inflamatória é maior, alguns nutrientes específicos são utilizados para modular essa resposta inflamatória e promover a síntese proteica, como a Arginina, os Ácidos Graxos Ômega 3 e os Nucleotídeos. Esses nutrientes agem estimulando o sistema imunológico, responsável pela defesa do nosso organismo aos agentes agressores. 

A Arginina aumenta a atividade dos linfócitos e macrófagos, assim como, participa da síntese de óxido nítrico e da síntese de colágeno agindo direto na cicatrização. Em relação aos Ácidos Graxos Ômega 3, principal moduladores da resposta inflamatória, os mesmos alteram a composição da membrana celular e a produção de citocinas, além de participarem da síntese de mediadores inflamatórios, como leucotrienos, prostaglandinas e tromboxanos. Já os Nucleotídeos apresentam relação com a produção de DNA e RNA.

Existem evidências de que se atuarmos no pré e pós operatório, esse paciente terá redução de complicações infecciosas e de feridas operatórias; redução do tempo de internação hospitalar e custos, além disso, redução dos níveis dos marcadores inflamatórios (PCR e IL-6). Dezesseis meta-análises e revisões sistemáticas em pacientes cirúrgicos nos últimos 20 anos tem demonstrado vantagens do uso de uma dieta imunomoduladora  pré e pós operatória.

Hoje em dia, encontramos nos Guidelines para cirurgia recomendações de uso de fórmula imunomoduladora na redução de infecções, tempo de internação hospitalar e de outras complicações em pacientes submetidos à cirurgias.

 

Deixe seu comentário.