Nutrição Parenteral Domiciliar

 

Nutrição Parenteral (NP) refere-se a administração de nutrientes por via intravenosa nos pacientes incapazes de manter o estado nutricional adequado por alimentos via oral ou enteral. Em geral, são pacientes com insuficiência intestinal de diferentes etiologias, pós-ressecção do intestino delgado ou as alterações da mucosa intestinal que os motivam a má absorção de nutrientes. Se o paciente não precisar de hospitalização, mas depender da NP por longo período de tempo, recomenda-se a NP domiciliar (NPD).

A NPD é um tratamento seguro e eficaz para manter o estado nutricional ótimo e melhorar a qualidade de vida, mas apenas quando os pacientes forem selecionados adequadamente.

Dentre os potenciais benefícios do atendimento domiciliar encontram-se diminuição das internações e custos hospitalares, ausência do risco de infecção hospitalar, manutenção do paciente no núcleo familiar e o aumento da qualidade de vida deles e de seus familiares.

O uso desse tipo de terapia nutricional tem aumentado em todo o mundo, mas é preciso um cuidado especial para um bom acompanhamento. Por isso, é necessário que os familiares e cuidadores recebam treinamento adequado pela equipe multiprofissional para o adequado manuseio da dieta e higienização dos equipamentos.

Esses cuidados devem ser tomados para evitar as complicações que podem ocorrer com a NPD, como sepse de catéter, anormalidades metabólicas, disfunção de órgãos, dentre outras. 

 

Deixe seu comentário.