Cuide do seu intestino!

 

 

O intestino humano é densamente colonizado por microrganismos, a "microbiota intestinal”. As bactérias estão por toda parte no organismo causando doenças. No entanto, o que pouca gente conhece é que, dependendo da espécie e da parte do corpo em que elas estão alojadas, as bactérias são benéficas e podem ser aliadas à saúde. Nestes casos, elas são chamadas de Bactérias probióticas, ou seja, microrganismos vivos e liofilizados que, quando administrados em quantidades adequadas, (10⁹ UFC/g), atuam no sistema digestivo, contribuindo para melhor qualidade de vida e saúde do homem. Entre suas indicações, os probióticos trabalham no combate à ansiedade, depressão, doenças da pele, diabetes mellitus tipo 2. 

As novas evidências científicas indicam que a microbiota intestinal desempenha um papel significativo no desenvolvimento e/ou tratamento da obesidade, na inflamação associada à obesidade, na resistência à insulina e várias outras patologias sistêmicas e autoimunes.

Embora os probióticos sejam bactérias, eles são seguros e de livre consumo para todas as faixas etárias. A utilização em gestantes melhora a maturação das células intestinais, diminui os processos inflamatórios e melhora a tolerância alimentar no lactante. Uma microbiota intestinal equilibrada oferece inúmeros benefícios, além de fortalecer o sistema imunológico, proporcionar energia ao corpo e reduzir a produção de gorduras nas células.

Agora basta saber se você está cuidando adequadamente da sua microbiota e se está proporcionando saúde suficiente ao seu intestino.

 

Deixe seu comentário.