Alimentos Hipoproteicos 

 

 

Os erros inatos do metabolismo (EIM) ocorrem por uma alteração genética e levam a doenças metabólicas hereditárias (DMH), que são causadas por deficiência ou ausência de atividade de uma ou mais enzimas específicas ou defeitos no transporte de proteínas. 

A abordagem nutricional para cada EIM dependerá da bioquímica e fisiopatologia da doença, que de um modo geral, pode ser resumida em: corrigir o desequilíbrio metabólico primário, diminuir o catabolismo e aumentar o anabolismo; promover vias metabólicas alternativas para reduzir o acúmulo de precursores tóxicos; suplementar nutriente bloqueados na via metabólica e/ou nutrientes deficientes resultantes do manejo dietético.

O tratamento nutricional para essas patologias, consiste em restringir alimentos ricos em Proteínas e contabilizar diariamente inúmeros outros nutrientes. Os alimentos hipoproteicos (com baixo teor de proteína) tornam-se uma opção prática para esses pacientes por assegurarem uma ingestão adequada de energia sem aumentar a ingestão de proteínas. Além disso, contribuem para uma melhor adesão ao tratamento.

 

Deixe seu comentário.