A importância da qualidade proteica


Quando falamos em oferta proteica temos que nos atentar na qualidade das proteínas ofertadas.

O soro de leite é separado da coalhada durante o processo de fabricação do queijo.  É o líquido remanescente depois que o leite é coalhado e coado para remover as caseínas (coalhada).  Contém proteínas, lactose, vitaminas, minerais e vestígios de gordura.  A proteína de soro de leite, que representa 20% do conteúdo total de proteínas do leite, é vendida como suplemento nutricional.

Além das diferenças na cinética de digestão e absorção de proteínas, o soro e a caseína também diferem acentuadamente em sua composição de aminoácidos.  Enquanto ambas as proteínas contêm todos os aminoácidos necessários para estimular efetivamente a síntese de proteínas musculares, o soro de leite tem um conteúdo consideravelmente maior de leucina. Este último também pode contribuir para as maiores propriedades anabólicas, porque a leucina foi identificada como o principal sinal nutricional responsável por estimular o acúmulo de proteína muscular pós-prandial. Consequentemente, resta esclarecer se as maiores propriedades anabólicas propostas para o soro são atribuídas à cinética mais rápida de digestão e absorção ou simplesmente a diferenças na composição de aminoácidos.

Foi relatado que as proteínas de soro de leite têm utilidade em muitas aplicações diferentes, variando de efeitos nos ossos, músculos, sangue, cérebro, pâncreas, imunidade, câncer, infecções, metabolismo, cicatrização de feridas, apredizagem e no envelhecimento..  A proteína do soro de leite, incluindo sua fração de proteína básica, promove a formação óssea e suprime a reabsorção óssea em mulheres e homens adultos saudáveis. O soro de leite é enriquecido com glutamina, que é um combustível para a divisão rápida das células e foi considerado “condicionalmente essencial” durante períodos de estresse metabólico (por exemplo, como a experiência de atletas de resistência) ou doenças.  

Enquanto os principais ligantes ou quelantes minerais de cálcio são as caseínas, as proteínas do soro de leite ligam minerais específicos, incluindo cálcio, magnésio, zinco, ferro, sódio e potássio, e são vistas como uma nova geração de superalimentos.

 

Fonte: Whey protein stimulates postprandial muscle protein accretion more effectively than do casein and casein hydrolysate in older men.

Deixe seu comentário.